Porquê as válvulas de mangote AKO?

Beneficie dos serviços do líder mundial de mercado

As válvulas de mangote regulam a terra de diatomáceas para a filtração de cerveja em fábrica de cerveja

As válvulas de mangote da série VMC com ligação flangeada da AKO Armaturen são utilizadas em fábricas de cerveja para regular a terra de diatomáceas, para a filtração de cerveja. As válvulas em DN 80 e DN 100 controlam o fluxo de terra de diatomáceas, desde a entrega através dos silos até à instalação de filtragem propriamente dita.

A terra de diatomáceas (também designada por terra de infusórios, diatomite ou celite) é utilizada para a filtração de células de levedura e substâncias turvas, após o processo de fabrico da cerveja.

Durante a filtração em profundidade, a terra de diatomáceas é misturada com água e colocada em papel de celulose — isto cria o chamado bolo de filtração através do qual a cerveja flui. Para assegurar que o bolo de filtração não se cola completamente com as substâncias filtradas durante a filtração, adiciona-se regularmente terra de diatomáceas adicional para criar novas camadas filtrantes, assegurando assim um fluxo desimpedido da cerveja.

A tarefa das válvulas de mangote da AKO começa com a entrega da terra de diatomáceas. Através de uma tubagem de vácuo, a terra de diatomáceas entregue é aspirada dos silos-cisterna e introduzida em grandes silos estacionários. A partir daqui, as válvulas de mangote AKO com ligação flangeada asseguram uma distribuição suave para as instalações de filtragem individuais. Neste caso, as mangas aptas para a utilização com alimentos instaladas no interior estão sujeitas a tensões muito diferentes. Algumas válvulas são controladas com aprox. 15 ciclos de abertura e de fecho por dia, outras com apenas aprox. 20 ciclos numa semana.


Trabalha na área da produção de cerveja?
As nossas válvulas de mangote também são adequadas para a sua aplicação!

 

Como a fábrica de cerveja produz 24 horas por dia, sete dias por semana, era particularmente importante para a entidade operadora que as válvulas de mangote da AKO Armaturen integradas no sistema de produção de cerveja fossem componentes fiáveis e duráveis. Graças à construção simples das válvulas de mangote de apenas três componentes, à manutenção simples e rápida e às possibilidades de limpeza e esterilização In-Place (em circuito fechado), a AKO conseguiu satisfazer todos estes requisitos.

A fim de poder continuar a manter as válvulas fechadas no caso de uma falha de ar comprimido, foram integrados, na instalação, circuitos de segurança adicionais, que impedem a abertura das válvulas de mangote, apesar da ausência de alimentação de ar comprimido. Neste caso, os circuitos de segurança também não foram instalados diretamente na válvula de mangote, mas sim recolhidos e controlados num ponto central.

A entidade operadora da instalação está bastante satisfeita com as válvulas de mangote da AKO Armaturen. As válvulas convencem pelos rápidos tempos de abertura e de fecho e por um fluxo sem estreitamento. Além disso, a utilização de válvulas de mangote (em comparação com os tipos de válvula convencionais, tais como linguetas de vedação ou válvulas corrediças) minimizou o risco de entupimento dentro da válvula.

As válvulas de mangote VMC80.02X.50T.50 e VMC100.02X.50T.50 regulam a terra de diatomáceas para a filtração de cerveja

Requisitos:

  • Solução de válvula fiável, durável e resistente a entupimento.
  • Possibilidade de métodos de limpeza In-Place durante a aplicação.
  • Solução Fail-Safe em caso de falha de ar comprimido.

Objetivos alcançados:

  • Instalação de manga em borracha natural apta para a utilização com alimento e corpo e ligações em aço inoxidável, que asseguram uma longa vida útil, sem intervenções de manutenção. Segundo a entidade operadora da instalação, as falhas relacionadas com entupimentos foram significativamente minimizadas.
  • As válvulas de mangote da AKO são compatíveis com os métodos convencionais SIP e CIP (e, parcialmente, RIP).
  • Foram integrados circuitos de segurança na instalação. Estes não foram colocados diretamente nas válvulas, mas recolhidos centralmente num ponto e controlados a partir daí.

Produto:
Terra de diatomáceas
(material filtrante para a filtração de cerveja)

Temperatura do processo:
Temperatura ambiente

Ciclos de abertura e de fecho:
Dependendo da válvula:
Entre 15x por dia–20x por semana
A instalação opera continuamente (24/7)

Pressão de serviço:
Vácuo (500 mbar)

Posição de instalação:
Horizontal e vertical

Configuração da válvula:
Diâmetro nominal: DN 80 e DN 100
Série: VMC
Corpo: aço inoxidável 1.4408
Ligações: ligação flangeada, aço inoxidável 1.4404 / AISI 316L
Manga: borracha natural, qualidade alimentar, clara

Opção adicional:
Unidade de vácuo AKOVAC
Circuito de segurança

Designação da válvula:
VMC80.02X.50F.50
VMC100.02X.50F.50

Líder de mercado mundial

38 anos empresa de família

600 novos clientes anualmente

20.000 clientes em todo o mundo

Promessa de fornecimento exclusiva

< 0,2 % taxa de reclamação

> 99 % dos clientes satisfeitos

30 agentes autorizados em todo o mundo

Maior sortido de produtos

10.000 variantes de válvulas de mangote

2.500 variantes disponíveis a partir do armazém

100.000 unidades vendidas anualmente

Gama de serviços abrangente

80 formatos CAD

32 vídeos de montagem e animação

16 Documentação em 16 idiomas